Por Que Você Não Está Conquistando o Sucesso que Almeja? (E o Antídoto Para Isso)

Tempo de leitura: 10 minutos

sucesso x fracasso

Sempre quando eu paro de pensar em meus negócios, na minha carreira e nas minhas preocupações (que são cada vez menores graças a minha meditação e exercícios diários) começo a pensar em meus problemas e desejos mais antigos, coisas que eu pensava e me preocupava em um ponto que talvez você possa estar.

Esse ponto é o de estagnação, de saber que você pode fazer algo grande e recompensador na vida, mas continuar fazendo sempre as mesmas coisas. Eu sempre ouvi, li e fui ensinado sobre sucesso de uma maneira muito equivocada, talvez seja seu caso também.

Tudo mudou…

Certa vez, uma pessoa maravilhosa que tenho como mentor chamado Flávio Augusto (ele não sabe disso, mas eu gosto de acreditar que saberá um dia) fundador do Geração de Valor, disse que a profissão do futuro é o SUCESSO.

Ele quer dizer que pouco importa sua área de atuação, seus sonhos, seus problemas, você tem que se especializar nas habilidades e investimentos (seja intelectual, financeiro ou profissional) que te garantam o sucesso à longo prazo.

Criar uma fortuna é sinal de sucesso, é uma meta alta que quase ninguém se arrisca a isso. O mais interessante é que isso não é um risco. Qual é o risco de sonhar e trabalhar para ser milionário? Sonhos são ilimitados, você não perde nada ao sonhar grande.

E como ninguém se arrisca a esse feito são poucos os que conseguem e o mais maravilhoso acontece: a concorrência é menor também. Agora uma coisa é certa, os únicos que conseguiram ousaram em sonhar grande o suficiente para realizar.

Fale a verdade para mim (e para si mesmo), qual o tamanho dos seus sonhos? Quanto de dinheiro você gostaria de ganhar realmente? Acabe com as limitações de que você só gostaria de ter o bastante para sobreviver.

 

O desafio do sucesso do pote de ouro

pote de ouro sucesso

Seja sincero, se um grande milionário como o Grant Cardone, por exemplo, te dissesse que tem um pote de ouro enterrado no quintal de uma casa dele nos Estados Unidos e que se você fosse lá buscar seria todo seu. O que você faria?

Algumas pessoas responderão que deve ser mentira ou picaretagem. Que ele só pode estar brincando (Sério? Milionários não tem tempo para brincadeiras desse tipo).

Alguns dirão que não tem dinheiro para ir até os EUA pegar o pote de ouro. Outros que são jovens demais para viajar sozinhos. Outros velhos demais para entrar nessa jornada. Muitos ainda dirão que não merecem ganhar esse dinheiro tão facilmente.

Porém, a grande maioria dirá que está confortável do jeito que está e não tem sequer vontade de sair de onde está para ir buscar o ouro.

Atenção: mesmo que isso seja hipotético, se acontecer realmente, uma porcentagem extremamente mínima perguntaria qual é a casa dele, viajaria e tentaria comprovar se é verdade.

 

O desafio do sucesso que valia passagens aéreas

avião viagem passagens tim ferriss

Uma história que ilustra isso também é contada pelo Tim Ferriss em seu livro Trabalhe 4 Horas Por Semana, em que após uma palestra na Universidade de Princeton sobre sair da zona de conforto e embarcar na jornada da liberdade ele lançou um desafio:

Ele ofereceu uma passagem de ida e volta para qualquer lugar do mundo para quem completasse um “desafio-surpresa” da forma mais impressionante possível. Então, ele disse que encontrassem com ele depois da aula, se estivessem interessados.

Resultado: uns 20 de um total de 60 estudantes compareceram lá para saber qual era esse desafio. Ou seja, 40 sequer se movimentaram para saber como poderiam ganhar essa viagem.

O desafio era bastante simples: entrar em contato com três pessoas aparentemente impossíveis de alcançar como J. Lo, Bill Clinton, J. D. Salinger, não importava – e conseguir que pelo menos um respondesse à três perguntas.

De 20 estudantes, sabe quantos completaram o desafio?

NENHUM! Exatamente… nenhum. Nem mesmo um.

E ai, essa história não ilustra bem o quanto as pessoas estão comprometidas com o sucesso?

Para mim é a metáfora perfeita (porém o desafio foi real) que ilustra com perfeição que muitos querem a “viagem” de ser uma pessoa rica, próspera, milionária, cheia de opções e felicidade nas suas realizações.

Porém, uma coisa é você desejar a viagem e outra totalmente diferente é esforçar-se para fazer o necessário para conseguir embarcar nela com vontade e paixão.

No caso da história do pote de ouro, ninguém estará disposto a deixar o conforto do seu comodismo para tentar algo novo. Enquanto algo terrível como uma crise, uma recessão ou algum problema de saúde ou na família não acontecer, as pessoas ficarão exatamente onde estão e fazendo o que sempre fazem.

Contatar pessoas famosas ou viajar para os EUA para conseguir o sucesso que deseja é grande, árduo ou um preço alto demais? Não!!!

O pote de ouro e as passagens para qualquer lugar do mundo são prêmios pequenos e insignificantes? Claro que não!!!

Então, o que as pessoas tem a perder quando se trata de pagar o preço para obter o sucesso que desejam?

A resposta é simples e amedrontadora: o conforto da mediocridade.

Agora repare bem, se o seu sonho é maior que um pote de ouro e de uma viagem então tenha em mente que o preço a pagar é maior ainda.

Outra história muito interessante é a seguinte:

Um viajante parou numa bomba de gasolina para abastecer e quando se preparava para ligar o seu carro e partir ouviu o uivar de um cão que estava ao lado de um homem, sentado num banco à sombra de uma árvore.

Achando estranho, o viajante aproximou-se do homem e perguntou-lhe o que se passava com o cão que tinha um uivar de dor que até metia dó. O Homem respondeu que o cão se sentara em cima de um prego.

Espantado, o viajante perguntou:

– Então, e por que ele não se levanta?

O homem respondeu:

– É porque dói o suficiente para uivar, mas não dói o suficiente para se levantar.

Agora sim, esse é o ponto em que você começa a se levantar. Percebo que nesse momento você tenha se arrepiado, elevado seu espírito e sua motivação.

Quero que aproveite esse momento e levante os dois braços de punho cerrado e diga:

– Sinto-me muito bem. Eu me levanto agora e me comprometo com o meu sucesso!

Esse é o decreto oficial do seu comprometimento com o sucesso! Ponto. Esse é o antídoto para a falta de sucesso: comprometimento.

 

O ANTÍDOTO PARA O CONFORTO

antídoto conforto sucesso

Esse antídoto chamado “comprometimento” pode ser feito com os seguintes ingredientes:

  1. Sonhar grande
  2. Ter metas bem claras
  3. Foco diário e produtividade

 

1. Sonhar grande

sonhar grande sucesso

O mundo está cheio de potes de ouro enterrados em quintais, mas você não deve focar nos potes de ouro dos outros. Esse comportamento é o da ganância ruim. Não tem nada de errado em ter ganância, não é pecado. As pessoas prejudicaram esse sentimento usando da maneira errada.

Ter ganância é sonhar grande, ter grandes metas, pensar com grandeza e com criatividade. Albert Einstein foi ganancioso em querer provar a Teoria de Relatividade. Michael Jordan foi ganancioso em querer ser o maior jogador de basquete de todos os tempos.

Sonhar grande é melhor que sonhar pequeno porque ambos requerem o mesmo esforço mental, mas a recompensa de sonhar grande é muito maior, nos seus termos.

Se você sonha grande, realizará grande. Se sonhar pequeno, realizará pequeno. Simples!

A maior parte da população mundial quer proteger o seu dinheiro e ter uma casa para abrigar sua família. Ou seja, sonham pequeno.

Sonhe grande, seja grande. Isso vai te dar motivação para sair do lugar por alguma coisa que realmente vale à pena.

Não seja motivado pela dor que o cachorro da história poderia considerar como a dor que o faria se levantar. Levante-se pelos objetivos, não pelos problemas.

 

2. Ter metas bem claras

escrever metas sucesso objetivos

Isso é simples, grandes sonhos requerem um plano. Querer ser o melhor jogador de basquete de todos os tempos não serviria de nada se Michael Jordan não tivesse organizado um plano para chegar lá.

Se fosse eu, primeiro me perguntaria:

  1. O que é ser o melhor do mundo?
  2. Acertar quantas bolas?
  3. Fazer quantos pontos?
  4. Ganhar quantas partidas?
  5. Quantos rebotes?
  6. Quantas assistências?
  7. Qual a média de pontos?

E na sequência:

  1. Como eu acertaria mais bolas?
  2. Como eu posso fazer mais pontos do que qualquer um?
  3. Como posso melhorar meus rebotes?
  4. Como melhorar minhas assistências?
  5. Quantas horas irei treinar?

 

Já falamos sobre metas no artigo:

Como Conquistar seus Objetivos, Assumir o Comando do seu Futuro e Ter uma Vida Épica em Apenas 6 Meses

Assim se começa a construção de um plano, seja para ser um vendedor de carros, um jogador de basquete, um vendedor de cursos de inglês, um cientistas e assim vai…

 

3. Foco diário e produtividade

foco no sucesso notebook produtividade
O seu trabalho não vai ser feito sozinho, ok?

Você tem que focar-se diariamente em realizar aquilo que se propôs. É aqui que você consegue a ver as melhorias que esse antídoto pode te proporcionar. Esse é o agente reativo do remédio do comprometimento.

Como você melhora de uma paralisia? Fazendo fisioterapia, treinando os músculos e estimulando-os. Do mesmo modo você faz com o conformismo.

Deve treinar seu comprometimento. Levantar-se da cama cedo e empolgado com as novas oportunidades de crescimento e realização.

Arremessar bolas mesmo quando os outros jogadores já foram para casa? Uh, muito difícil? Não para Jordan. Isso é pagar o preço para ser mais produtivo e completamente focado.

Aquilo que você foca se expande. Se você focar nos seus problemas advinha: eles ficarão enormes. Se você focar nas suas realizações elas também se expandirão.

Esse é um conceito que tem me ajudado bastante que eu aprendi com o Master Coach Paulo Vieira no curso O Poder do Foco.

 

Conclusões finais

Por fim, fica claro que o que você possa estar fazendo até agora não tenha dado os resultados que você espera. Isso se deve ao fato de não estar totalmente comprometido com seu sucesso.

Digo isso porque já foi o meu caso. A vida passou rápido demais e nada eu tinha feito de proveitoso na vida. Seguir a manada de pessoas medíocres é fácil, basta repetir o que eles fazem: nada!

Dessa maneira, para curar a doença do conformismo o primeiro passo é ter o discernimento de que você tem essa doença. Você não se cura de um câncer se não for diagnosticado. Quando descobrir pode ser tarde demais.

E eu, mesmo com poucos anos vividos, tenho consciência de que o pior sintoma dessa doença é o arrependimento de não ter feito o que gostaria e a vida ter passado em vão.

E ai, vai se levantar e fazer por onde valer sua passagem nesse planeta?

Se sim, comece compartilhando esse artigo com os seus amigos e tomando outras ações para se comprometer com seu sucesso e com o das pessoas ao seu redor.

Lembra de comentar abaixo o que acho do artigo, vou ficar feliz em receber um feedback de como te ajudou! 😉

  • Rafael P. Da Silva EuroLook

    Simplesmente fantástico sua resolução nesse artigo Kellvyn, parabéns!!!

  • Jacki Nayara

    Parabéns, voce está mudando o mundo.
    Amei seus artigos. Obrigada

  • Bruna Sousa

    Que artigo maravilhoso!
    Sou nova por aqui, então estou lendo e relendo todos os seus artigos que me chamam a atenção e sou obrigada a lhe informar novamente que o teu post é muito enriquecedor. Parabéns!!!!!!!

  • Tiago

    Muito bom Kellvyn!

    Grande post você escreveu, estou há pouco tempo seguindo seu blog, estou muito satisfeito pelos seus textos.

    Abs..

  • Msjorges

    Muito inspirador!!!

  • Patricia Sampaio

    Meus parabéns esse artigo veio muito a calhar!!!! Excelente!!!!! Nota mil!!!!

  • Suely

    Estou me levantando!! Obrigado

  • Rogerio Januario

    cara!!!
    comecei a ver todos os seus artigos, me impressionei com o conteúdo,
    tá de parabéns, me ajuda muito a manter o foco, são poucos que querem ajudar os outros,
    e você é um deles…
    obrigado mesmo!!!

  • Emerson Alves

    Parabéns pelo artigo Kellvyn, faz a gente ver o quanto estamos estagnados e que precisamos sonhar alto e correr atrás desse sonho.

  • Jean Santos

    Sonhar é fácil, se comprometer com o sonho é difícil. Faz 1 ano que tenho um sonho, e faz 1 ano que não me dedico a ele, visto isso nos últimos meses busquei muitos artigos de como mudar hábitos, comportamentos, algo que me ajude a focar, e não está sendo fácil, mas este mês foi o que eu mais aprendi e foquei no meu objetivo. Estou muito longe daquele comprometimento que vai me ajudar a levar ao sucesso, mas estou evoluindo aos poucos.

    Abraço, e muito bom artigo!

    • Obrigado pelo comentário Jean!!!
      Segue a rota do sucesso que estamos traçando aqui no HM que vamos conquistar tudo que queremos e tomar nosso lugar ao sol!

      Abraço.

  • Mais um post fantastico.

    Acredito que um dia ainda fico rico seguindo esses passos.

    Muito bom Kellvyn, Parabens!

    http://spaziomidia.com.br/

  • Duas Barras

    Cara, gostei muito das suas dicas e palavras! Parabéns! Favoritei a página e divulgarei o quanto puder! Muito bom! Boa Sorte!!

  • Rafael Araujo

    Muito bom este artigo Kellvyn, gosto muito da forma como aborda o sucesso e o comprometimento que devemos ter para alcança-lo. Parabéns por todo o material do Blog. Grande abraço!

  • Leonardo Filho

    Muito bom artigo, com ele descobri que preciso praticar o comprometimento muito mais do que vinha fazendo. Parabéns pelo o seu blog, Abraço.