Os Segredos de Warren Buffett: 10 Lições Financeiras de um dos Homens Mais Ricos do Mundo

Tempo de leitura: 12 minutos

Warren Buffett

Com quem você tem se aconselhado sobre suas finanças até hoje?

Tem dado certo?

Se não, convido você a pegar alguns conselhos com um dos homens mais ricos do mundo! Eu acredito que isso seja uma coisa muito inteligente a se fazer, não é mesmo?

Pensando nisso, elaborei um infográfico completo com alguns pontos importantes da vida do mega investidor bilionário Warren Buffett.

Um simpático senhor que se alimenta de Coca-Cola e batata frita porque crianças de 6 anos se alimentam assim, já que certa vez ele pesquisou e descobriu que elas tem a menor taxa de mortalidade dos EUA.

Então, de uma maneira não convencional, ele faz as coisas da sua própria maneira e isso tem lhe rendido um patrimônio financeiro de mais de 60 bilhões de reais.

Como já falei certa vez, é a mentalidade financeira que gera os resultados financeiros, e esse infográfico mostra como pensa e age um dos mais frequentes bilionários da revista Forbes: Warren Buffet.

Aqui está o que, entre outras coisas, você vai encontrar nesse infográfico:

  • Ordem cronológica da vida do Mega Investidor
  • Como Warren Buffet ganhou muito dinheiro na crise de 2008
  • Os 3 maiores erros da vida do famoso Oráculo de Omaha
  • As 10 Maiores Lições Financeiras de Warren Buffett
  • Download em PDF do infográfico em alta resolução

E ai, vamos aprender com esse bilionário nada convencional? Confira o infográfico abaixo ou baixe a versão em PDF com alta definição por aqui:

Infográfico A vida do Bilionário Waren Buffett

» Clique Aqui para baixar uma versão em Alta Resolução desse infográfico «

Compartilhe esse Infográfico no seu site (copie e cole o código HTML)

Os segredos de Warren Buffet: 10 lições financeiras de um dos homens mais ricos do mundo

Warren Buffett

Ordem cronológica da vida do Mega Investidor

Aos 11 anos – Comprou a sua primeira ação – eram três papéis preferenciais da petroleira e concessionária pública Cities Service.

Aos 20 anos – Após se formar, Buffett começou a trabalhar com seu pai numa corretora de ações.

Aos 21 anos – Tinha nada menos do que 20 mil dólares ganhos com seu próprio esforço. Uma fortuna para a época.

Aos 24 anos – Foi trabalhar com o famoso investidor Benjamin Graham, autor do bestseller “O Investidor Inteligente”, com um salário de 12 mil dólares ao ano – o equivalente a 3 vezes a média salarial de uma família americana da época.

Aos 30 anos – Trabalhando com Graham, Buffett conseguiu atingir um patrimônio de 1 milhão de dólares. Um salário anual de um trabalhador médio da época era de 5.400 dólares.

Aos 35 anos – Sua fortuna havia atingido 26 milhões de dólares, período em que ele adquiriu a fatia majoritária no Berkshire Hathaway, hoje seu maior veículo de investimentos, por meio do qual comprou a Heinz, em parceria com a 3G, de Jorge Paulo Lemann.

Aos 43 anos – Warren Buffett já era dono de 34 milhões de dólares, e usou parte desse dinheiro para adquirir a fabricante de alimentos See’s Candies, que até hoje está em sua carteira de investimentos e se mostra uma empresa lucrativa. Mas nem tudo são flores.

Aos 45 anos – No meio dos anos 1970, a crise no mercado acionário fez com que o patrimônio do então milionário recuasse para 19 milhões de dólares. Uma queda brusca para quem, até então, só estava acostumado a ganhar. Mas a retomada não demorou e, em 1977, o patrimônio de Buffett já havia alcançado 67 milhões de dólares.

Aos 50 anos – A progressão da fortuna de Buffett nos anos 1980 foi avassaladora, impulsionada pelo boom do mercado de ações em Wall Street. Ele praticamente dobrou seu patrimônio, de 376 milhões para 620 milhões de dólares, em apenas um ano (entre 1982 e 1983).

Aos 56 anos –
Em 1986, alcançou seu primeiro bilhão, que se transformou em 3,8 bilhões de dólares antes mesmo de chegar aos 60.

Aos 85 anos – Hoje, no ano de 2016, seu patrimônio líquido é avaliado em 66,2 bilhões de dólares.

Como Warren Buffet ganhou muito dinheiro na crise de 2008

“Seja medroso quando os outros são gananciosos, e seja ganancioso quando os outros estão com medo”, defende Buffett.

Na época, o mercado estava imerso em pessimismo, enquanto o megainvestidor garimpava boas oportunidades e ia às compras. Apenas cinco anos depois, seus investimentos demonstravam extraordinários retornos: já eram 10 bilhões de dólares e o valor continuava a crescer.

Warren Buffett Dinheiro Fortuna Riqueza

Nem só de vitórias vive o Oráculo de Omaha

Os maiores erros da vida de Warren Buffett

Em 50 anos, as ações da Berkshire Hathaway acumularam uma valorização superior a seis dígitos na bolsa americana: 1.826.163%. Até lá, alguns erros colossais foram cometidos por Warren. Podemos aprender muito com eles:

Erro #1 – Deixar suas emoções influenciarem suas decisões

Em maio de 1964, Buffet não vendeu seus 7% de participação na Berkishire Hathaway depois de se irritar por uma diferença de US$0,125 a menos em cada papel da companhia. A empresa era uma fabricante têxtil atolada em um péssimo negócio, em um setor com problemas. O valor de marcado da empresa caiu 37%. E mesmo assim, Buffet continuou comprando ações agressivamente. Em 1965, Warren já possui 25% do capital de um péssimo negócio. Em 1985, ele finalmente jogou a toalha e fechou a operação têxtil.

Erro #2 – O erro mais caro de toda carreira de Warren Buffett

No início de 1967, Warren Buffett recebeu uma oferta para comprar um negócio de um amigo de longa data chamado Jack Ringwalt, a National Indemnty Company (NICO), uma pequena e promissora companhia de seguro. A oferta era para Buffett, não para a Berkshire. Daí veio o seu maior erro: ele resolveu comprar a NICO para a Berkshire e não para a Buffet Partneship (BPL). Se a BPL tivesse sido a compradora, ele e seus sócios teriam detido 100% de um bom negócio. Eles ficaram com 39% da aquisição, mas continuaram carregando um ótimo negócio ao lado de um péssimo (Berkshire Hathaway) por longos anos.

Erro #3 – Achar que comprar barato é sinônimo de fazer um bom negócio

Em 1975, Warren Buffett comprou a Waumbec Mills, uma outra empresa de têxtil da Nova Inglaterra. A compra foi por uma “barganha” baseada nos ativos que recebeu e nos projetos que daria para unir com os da Berkshire. Não obstante, a Wambec foi um desastre e foi fechada alguns anos depois.

As 10 Maiores Lições Financeiras de Warren Buffett

1. Gastar sabiamente

Lição Warren Buffett #1

Buffet ainda habita no apartamento de 5 quartos que comprou há 55 anos.
O dinheiro investido pode ganhar mais de 20% de rendimento anual.

Médio gasto dos americanos em compras frívolas: $6,870 ou 15%
Isso é dinheiro suficiente para encher um tanque de gás de um Hummer quase 7x a cada mês por um ano

2. Ninguém se preocupa com o seu dinheiro, tanto quanto você

Lição Warren Buffett #2

Buffet faz todas as suas próprias decisões de investimento para seus melhores interesses – não os interesses com base na comissão de consultores financeiros, corretores da bolsa, etc.

Mais de 1 em cada 3 americanos trabalham com um planejador financeiro – americanos com planos financeiros: 45%.

5% nem sequer tem metas ou estratégias que eles usariam

3. Faça seu dever de casa – Escaneie milhares de ações

Lição Warren Buffett #3

Buffett passa 18 horas por dia trabalhando em capital de investimento, dizendo que os investidores devem pensar em si mesmos como os proprietários parciais de empresas que estão estudando.

“Nunca investir em um negócio que você não pode entender.” – Warren Buffet

40% dos americanos dizem que estão bem instruídos financeiramente.

1 em cada 3 americanos não poderia responder corretamente a esta pergunta:

P: US$100 está salvo em uma conta com uma taxa de juros anual de 2%. Após 5 anos sem tocar, quanto de dinheiro estará lá?

A – Mais de US$102
B – Exatamente US$102
C – Menos de US$102

R: A – Mais de US $102

4. Supere seu medo do risco

Lição Warren Buffett #4

Os americanos tem medo de perder dinheiro em investimentos, mas Buffett diz que ações superam títulos, bancos e até mesmo ouro, e são mais seguras, também.

“O risco vem de não saber o que você está fazendo.” – Warren Buffett

29% dos americanos são muito avessos ao risco de investir em ações.
52% dos menores de 31 anos sente o mesmo.
No entanto, para os que tem quase 90 anos, as principais ações tem uma média de 10% de retornos anuais.

5. Concentre-se no longo prazo

Lição Warren Buffett #5

Adiar poupança/investimento significa que você precisará economizar mais em menos tempo para ter o mesmo resultado.

Buffet compara a vida com bolas de neve; e pensa em investimentos da mesma maneira:

“O importante é encontrar neve molhada e uma encosta realmente longa.” – Warren Buffett

Poupador 1:
Começa a poupar aos 21 anos
Investe cerca de US$ 500/mês até os 30 (9 anos)
Obtém 7% de retorno anual
Chega a US$ 1 milhão aos 65 anos

Poupador 2:
Inicia a poupar aos 31 anos
Investe US$ 500/mês até os 65 anos (34 anos)
Obtém 7% de retorno anual
Chega a US$ 1 milhão aos 65 anos de idade, contribuindo US$ 150.000 a mais ao longo dos anos

6. Invista em negócios de qualidade

Lição Warren Buffett #6

O resultado de fazer sua lição de casa é determinar empresas dignas. Buffett é notoriamente investe em Coca Cola, Wells Fargo e IBM.

“Um investidor precisa comprar as ações como se ele fosse comprar toda a empresa no caminho.” – Warren Buffett

Lembra da Enron (empresa de energia)?
É usada para fazer manchetes em um bom caminho…

Vida média de uma empresa da Fortune 500:
1960 – 75 anos
Agora – 15 anos

7. Procure pechinchas excepcionais de empresas sólidas

Lição Warren Buffett #7

Warren Buffett recomenda compra de ações durante uma crise, quando até mesmo grandes empresas tem preços extremamente baixos.

Analisar o desempenho, declarações de missão, processos de negócios, metas de longo prazo e muito mais.
Menos ações pode ser melhor – investir mais tempo em mais pesquisa, em vez de mais ações.

Os rendimentos médios (%)
5 ações valiosas – 71%
15 ações valiosas – 87%

Obs: Aqui é interessante perceber que apenas 5 ações geram tanto resultados quanto 15, sendo mais simples gerenciar apenas 5 e também é tão eficaz. A complexidade é inimiga de bons investimentos.

8. Tome decisões de investimentos com base em quão bem o dinheiro está sendo usado pela direção da empresa

Lição Warren Buffett #8

Buffett sente que avareza indica uma mentalidade rentável.

Uma vez, ele adquiriu uma empresa cujo proprietário tomou o tempo para descobrir que seu rolo de papel higiênico não era realmente de 500 folhas como eram anunciados.

Avalie esses pontos para escolher melhor:

Retorno sobre o Patrimônio (ROE) – lucro líquido da companhia dividido pelo patrimônio líquido.

O retorno sobre o capital empregado (ROCE) – os lucros da empresa antes dos juros e deduções dos impostos (EBIT) dividido pelo resultado dos seus ativos totais menos o passivo circulante.

Condição ideal: ROE e ROCE são iguais

40% dos americanos relatam ter decisões de investimento tomadas com base inteiramente na emoção.

-> Quase 1 em cada 2 homens fazem isso
-> Quase 1 em cada 3 mulheres fazem isso

9. Seja paciente. Espere até que tudo esteja a favor dos seus interesses

Warren Buffett Lição #9.fw

Quando as condições se alinharem, compre uma quantidade adequada de ações – Buffett recomenda manter os investimentos em 10-15 empresas.

Em tempos difíceis, espere. Uma ação de qualidade deve se recuperar e você não vai se lamentar por ter vendido prematuramente.

“Acho que o pior erro que você pode fazer em ações é comprar ou vender com base em manchetes atuais.” – Warren Buffett

Maior arrependimento financeiro dos milionários:
Más decisões em investimentos em ações (10% se arrependem disso)

57% dos americanos aposentados por idade tem arrependimentos financeiros.

10. Venda ações perdedoras quando o mercado está para cima; compre ações vencedoras durante uma crise

Warren Buffett Lição #10

Vender uma ação no seu pior acrescenta à sua perda, e comprar um grande ação a preço de pico corta seus ganhos.

“A beleza de ações é que eles vendem a preços bobo às vezes. É assim que Charlie [Munger] e eu ficamos ricos.” – Warren Buffett

Número de americanos acompanham os altos e baixos do mercado de ações, no mínimo semanalmente… 25%

Mas 17% acham que o mercado é muito complicado e 11% simplesmente não sabem por onde começar.

Gostou do infográfico? Recomende para seus amigos que também podem gostar!

Incrível o quanto se pode aprender estudando a vida dos bilionários, não é? Eu tenho tomado muitas decisões na minha vida com base no que pessoas mais experientes, como o Warren Buffett, deixam de pistas no caminho.

Você curtiu aprender um pouco sobre essa grande figura do mundo dos investimentos? Então, lembre de compartilhar esse infográfico com aqueles seus amigos que gostam de estudar e aprender sobre finanças, sucesso e investimentos.

Vou deixar algumas opções, caso você queira repassar esse conhecimento para mais pessoas. Aqui estão os links:

Facebook | Google+ | LinkedIn |