A Simples Verdade Sobre Como os Ricos Ficam Mais Ricos e os Pobres Ficam Mais Pobres

Tempo de leitura: 12 minutos

Como os ricos ficam ricos comprando ativos

Essa verdade é realmente bem simples, mas a grande maioria da população compra passivos e desconhece que ricos compram ativos. Vamos ver o que são esses ativos e passivos, por que ricos compram ativos e entender como funciona o jogo do dinheiro, mas antes vamos ver o que realmente é ser rico.

Todos nós temos uma ideia cravada na cabeça de qual é a diferença entre uma pessoa rica e uma pobre: dinheiro! Mas para responder a pergunta do artigo nós vamos levar em consideração a diferença entre o que as pessoas ricas fazem que as deixam ricas e o que as pobres fazem que as deixam pobres.

Primeiro vamos entender o conceito de ser rico. Vamos ao trabalho?

O que é ser rico?

O conceito de ser rico é totalmente distorcido na cultura brasileira. Ser rico não é ter milhões ou até bilhões de reais ganhos em tempo recorde, com pouco esforço e muita sorte.

Ainda mais, outros associam que riqueza é o mesmo que consumo. Aquele consumo maluco de ter carros importados, roupas caríssimas, frequentar as maiores festas e gastar fortunas.

Eu vi uma frase no artigo O que é ser rico? E por que não é uma questão de dinheiro… do Henrique Carvalho, que representa muito bem isso:

“Consumismo é o ato de comprar o que você não precisa, com o dinheiro que você não tem, para impressionar pessoas que você não conhece, a fim de tentar ser uma pessoa que você não é.”

Se você acha que os milionários são feitos assim, aqui vão algumas coisas eu posso afirmar depois de ter estudado a vida de muitos milionários:

  • Os ricos só compram aquilo que darão retorno financeiro: bons investimentos. Eles só compram esses bens com dinheiro gerado a partir desses investimentos, nunca do próprio dinheiro.
  • Ricos acumulam patrimônio líquido, não bens de consumo.
  • A GRANDE MAIORIA dos milionários, cerca de 85%, ficaram ricos começando do zero. Por conta própria!
  • Os ricos continuam trabalhando no que gostam, estão empenhados ou são apaixonados mesmo quando poderiam parar de trabalhar.
  • Mesmo se perder tudo, um milionário por conta própria pode refazer tudo de novo.

Ser rico é uma questão de liberdade de continuar vivendo, com dinheiro suficiente ou acima dos seus custos de vida, mesmo que você pare de trabalhar.

Enquanto as pessoas não pararem de confundir o conceito de ser rico e continuarem na armadilha do consumo, nunca ficarão, de fato, ricas.

 

A armadilha da Matrix da Classe Média

escalator-283448_1280

Esse é um conceito muito interessante que eu me deparei em um vídeo do Seiiti Arata, criador do curso de enriquecimento financeiro A Classe Alta, onde ele faz uma explanação sobre o comportamento das pessoas de classe média, que ficam presas no consumismo imposto por propagandas, comerciais, produtos, empresas e economistas. Vale a pena conferir o vídeo depois.

Em resumo, as pessoas vão continuar no mesmo estado financeiro, ou afundar em dívidas, por sempre consumirem além das suas possibilidades.

O termo Matrix da Classe Média já lembra a filosofia imposta pelo filme The Matrix, em que de uma maneira perfeita ilustra a ilusão que vivemos dentro de uma sociedade que nos deixa burros, cegos e quebrados.

Em falar em filme, não posso deixar de citar o meu favorito: Clube da Luta. Nele, nos deparamos com um combate ao consumismo (embora nem todo mundo entenda o filme no geral e sua genialidade).

A mensagem que o filme passa para quem está estudando o enriquecimento financeiro é a de que não precisamos de bens materiais, não os de status, para viver. Devemos lutar pelo nosso significado no mundo.

Frase do filme:

“As coisas que você possui acabam possuindo você!”.

Forte, não?

Para sair da Matrix da Classe Média é preciso saber como os ricos fazem ou fizeram para não jogar o jogo do consumismo, jogar o jogo do dinheiro e ter uma vida épica.

 

Como os ricos jogam o jogo do dinheiro

football-83222_1280

Vamos começar com uma metáfora que eu gosto muito de usar para explanar esse assunto. A grande diferença do modo com os ricos jogam o jogo do dinheiro em comparação com os pobres é a mesma de um time ofensivo contra um time defensivo em uma partida de futebol.

Entenda como essas estratégias se diferenciam:

  • Estratégia Defensiva: entra para não perder, apenas não sofre gol. O problema dessa estratégia é que você não atinge os seus objetivos de ficar rico, já que você joga apenas para não perder o que já tem.
  • Estratégia Ofensiva: entra para ganhar, pode levar gols, mas fará muito mais. Sofrer gols pode ser considerado como errar ou falhar na nossa metáfora. Em compensação, você jogou ofensivamente e obteve mais gols do que sofreu. Ou seja, atingiu seus objetivos.

Os ricos não fazem apostas arriscadas, eles correm até alguns certos riscos, mas no geral eles conhecem no que vão investir, diminuindo os riscos.

Não é atrás de uma “bolada” de dinheiro de uma vez só que os ricos correram atrás a vida toda, como falei no 1º tópico do artigo Os 10 Piores Erros Que Estão te Impedindo de Ficar Milionário.

São ganhos lucrativos e escaláveis, mês a mês, ano a ano que vão te fazer enriquecer. Sempre reinvestindo para aumentar o tamanho do seu patrimônio e o quanto ele vai render com os aumentos.

Com isso, as pessoas ricas assumem o compromisso de serem ricas. Pode não parecer, mas você tem que se decidir! Existe um momento em que você tem que dizer:

 

“Ok, eu quero ser rico! Quero ter melhores experiências com o dinheiro e ter mais liberdade. Vou fazer os sacrifícios necessários, vou mudar a maneira de pensar, vou me instruir, conseguir um emprego, trabalhar, aprender e vou seguir a minha jornada passo a passo, mas com muito pé no chão.”

 

Isso é muito diferente de pensar que gostaria de ser rico. Apenas gostar de alguma coisa não é suficiente para fazer você tomar alguma ação. Quando estiver decidido que é isso que realmente quer, tudo vai conspirar para que você continue focado.

Dessa maneira você vai começar a ter mais confiança. Vai formular um Plano para Ficar Rico e vai seguir os hábitos dos milionários. Aprender com quem já chegou lá.

Nesse momento você começa a aprender que suas chances são mais reais do que você pensa. Aprende que os ricos por conta própria não consomem rios de dinheiro em bens de consumo, embora pareça.

Rico de verdade compra ativo e não passivo. Então você me pergunta: “mas Kellvyn, que história é essa de ativo e passivo? Eu compro isso? E o que os ricos compram?”. Calma, vamos lá!

[Ebook Grátis] - Como Ficar Rico - O Guia Completo Para Enriquecer de Verdade Começando do Zero

Junte-se a 6435 pessoas inteligentes que decidiram mudar de vida financeira! Digite abaixo o e-mail em que você quer que eu envie a sua cópia gratuita do eBook. >

Por que ricos compram ativos e pobres compram passivos?

Primeiro vamos ao conceito de ativos e passivos:

 

Ativo: é aquilo que coloca dinheiro no seu bolso.
Passivo: é o que tira dinheiro do seu bolso.

 

Simples não é?

Quando você compra um passivo estará gastando o seu dinheiro. Gastar dinheiro não te deixa rico, isso é óbvio.

Você ganha seu salário de valor X, gasta o equivalente a X em 20 dias depois de tocar no salário e no final do mês se reclama que a grana acabou? Isso porque gastou o dinheiro com passivos.

Vou te fazer uma pergunta que pode te deixar reflexivo:

 

“O que acontece com você se o pior cenário que você pode imaginar vier realmente a acontecer nesse exato momento?”

 

Não sabe ou não conseguiu imaginar? Eu vou te ajudar!

Imagine que você perdeu seu emprego, o aluguel está atrasado, seu cônjuge está desempregado (se você tiver), está com a geladeira e os armários vazios, e além disso, sofreu um acidente que não te deixa trabalhar.

Um cenário horrível, não é? Então, o que acontece com você? Com o dinheiro que tem (se é que tem algum), quantos dias consegue manter os seus custos de vida? Como vai sobreviver?

É por isso que os ricos trabalham, ganham dinheiro, poupam, evitam dívidas, diminuem os gastos e investem naquilo que vão gerar dinheiro para eles, mesmo que não trabalhem: os ativos.

 

“Os ativos são suficientemente grandes para crescerem por si próprios. É como plantar uma árvore. Você a rega durante anos e, então, um dia, ela não precisa mais disso. Suas raízes são suficientemente profundas. Então, a árvore lhe proporciona sombra para seu prazer.”

Trecho do livro Pai Rico Pai Pobre de Robert Kiyosaky

 

Então, quais ativos eu posso comprar para começar a ficar rico?

 

  • Comprar imóveis para gerar aluguel mensalmente.
  • Comprar ações de empresas sólidas no mercado que pagam dividendos (que é uma parcela dos lucros da empresa).
  • Investir em fundos imobiliários, renda fixa e títulos do tesouro nacional (que é como você emprestar dinheiro) que pagam juros mensais.
  • Fazer trabalhos que paguem em Royalties, ou seja, uma parcela para toda vez que seu trabalho seja utilizado, como: fotografias, músicas, vídeos, sua imagem pessoal, jingles, patentes, programas de computador e etc. Enfim, as possibilidades são infinitas.
  • Ter um negócio próprio que funcione sem a sua presença. Pode ter pessoas envolvidas ou não. Se um negócio lucrativo funciona sem a sua presença, essa é uma mina de ouro porque o negócio pode ganhar escalabilidade e atingir mais clientes, aumentando seus lucros.

 

Uma forma bem atual e comprovada por mim mesmo que pode funcionar muito bem é ter um negócio digital na Internet. Filtrando os golpes, os fajutos, as furadas e identificando os reais empreendedores você vai conseguir ter um negócio que funciona sem a sua presença e em piloto automático.

Isso com a ajuda de algumas ferramentas e boas instruções. É um mercado novo no Brasil, mas já está crescendo muito. Isso é uma coisa incrível porque você não precisa gerenciar pessoas, pode trabalhar de onde quiser e depois de o trabalho ser feito você só colhe os frutos, como nos royalties.

Fica aqui a deixa se você quiser saber mais sobre isso.

 

O efeito bola de neve

Você compra um passivo, vamos supor que um carro do ano, dá uma entrada e financia o restante. Como as coisas aumentaram o preço e você gasta o seu dinheiro em coisas para demonstrar status, agora não consegue pagar as parcelas do carro.

Para pagar as dívidas do carro você pede um empréstimo ao banco com juros. Passa o prazo do pagamento ao banco e os juros aumentam sua dívida exponencialmente.

Esse é um cenário muito comum!

 

O Inverso

Agora vamos pelo caminho certo. Você agora comprou ativos, suponhamos que você coloque 50% da entrada na Renda Fixa, 40% em ações de empresas sólidas e 10% em fundos imobiliários.

No próximo mês você vai receber os juros e os dividendos dos seus investimentos, então você junta com uma parcela do seu salário (que você usaria para pagar as parcelas do carro), no início 10% mas vá sempre aumentando, e reinveste nos ativos e compra outros.

Quanto mais diversificado e quanto maior o patrimônio acumulado melhor será, porque o retorno será sempre maior também. Então você procura trabalhar bem para aumentar seu salário na empresa, abre um negócio lucrativo e seus aportes (que é o dinheiro que você vai investir) aumentam.

Vai chegar um momento que os rendimentos do seu patrimônio cobrirão os custos do seu estilo de vida e pagarão mais do que o seu próprio salário. Esse pode ser um bom momento para empreender, sendo que eu acho que todo momento é bom para isso.

É assim que você atinge a liberdade financeira e se torna rico, passo a passo e começando do zero.

 

Conclusões finais

Sendo tão simples, e tão importante, por que todos não somos ricos?

Porque o simples provoca confusão, e isso acaba deixando uma porção gigante do mundo inteiro com problemas financeiros.

Em meio a isso tudo, comprar ativos é uma arte que envolve educação financeira. Mesmo que no dia a dia tenhamos preocupações, nada deve tirar o foco do nosso plano. Achar que só os ricos podem comprar ativos é o maior erro que você pode cometer após ter lido esse artigo.

Vamos conseguir chegar lá com determinação, mas o processo deve ser prazeroso e consciente de que se é possível para uma pessoa é possível para todas.

Se esse artigo te ajudou por favor compartilhe para que seus amigos também tenham a chance de aproveitar esse conhecimento gratuito.

Se você gostou desse artigo deixe seu comentário logo abaixo ou suas críticas. Eu vou ficar feliz em receber feedback. 😀

Um grande abraço e vamos juntos no meu plano? 🙂

 

  • Kitadoc Kitadoc

    Muito bom o artigo. Compartilhei com muitas pessoas.

  • Gabriel Otávio

    Os ricos devem te odiar kkk, porque eles precisam de uma classe média consumidora e probres para perpetuar suas riquezas…

  • Thiago Silva

    Artigo fenomenal!!!…Muito Obrigado Kellvyn!!!

  • Djullian Kell

    Excelente! Parabéns cara! Você é uma fonte de inspiração.

  • Jessé Santos

    Excelente Artigo!!!
    O blog é perfeito, acompanhando seu trabalho de perto!
    Sucesso!!

  • Pedro

    Muito bom esse artigo, Parabéns. Trabalho em uma empresa com salario fixo e comissao que da em media1500 mes. Tenho tambem um negocio de vendas online no qual deixei minha namorada tomando conta. As vendas online hoje supera 2000 facil por mes. ou seja mais que o emprego fixo e eu nao preciso fazer quase nada. se eu sair do emprego emprego fixo teria mais tempo para investir no meu proprio negocio, porem tenho medo de sair do emprego fixo e nao ter nada de garantido no final do mes. Poderia me dar um conselho ? Atenciosamente.

    • Desculpe a demora! Continue focando em crescer seu negócio até ter confiança para sair do emprego. 😀

  • Suely

    Maravilha!!!!

  • Erik

    Cara voçe é muito bom!!! Meus parabéns !

  • Felippe Giuseppe

    Parabéns meu amigo, excelente artigo , que deus te abençõe

  • Israel Morais

    muito bom,parabens!!!

  • Pingback: ()

  • Bruna

    Mais um excelente artigo, Kellvyn! Busco alcançar minha independência financeira e irei começar meus investimentos em ativos. Não paro de pensar nisso, vivo em sites de educação financeira e de consultores financeiros, se Deus quiser vou conseguir. QUERO MUUUITO!! hehehe

    Abraço,

    Bruna

  • Gustavo Esteves

    Ótimo artigo! Tinha lido algo parecido no livro que vc indicou ” Pai rico e pai pobre, mas é sempre bom rever coisas como essas. Abraços!

    • Fala Gustavo, é isso ai!
      Tudo o que eu escrevo aqui é consequência de leituras, estudos, práticas e observações.
      Então, você vai esbarrar sempre com referências externas, muitas eu mesmo cito.

      Abraço e obrigado pelo comentário.

  • Adriana Ramos

    Eu amei o artigo e com certeza vou fazer de tudo pra atungir os meus objetivos. ..obrigada pelas dicas…

  • MARCIO BATISTA

    ESTOU ACOMPANHANDO,E DE QUEBRA LENDO OS SEGREDOS DA MENTE MILIONÁRIA,OBRIGADO PELAS DICAS

    • Olá Márcio, obrigado por acompanhar!
      Essa é uma ótima leitura realmente.

      Por nada, é um prazer.
      Grande abraço!

  • Clayton Galdino

    Estou acompanhando seus artigos e esse aqui especialmente foi muito esclarecedor , estou me preparando, adquirindo conhecimento. Mas as dicas eu estou aplicando e de fato tem funcionado. Parabéns e muito obrigado

    • Por nada Claylton!
      Depois fala quais mudanças tem feito e quais resultados tem obtido, ok?
      Grande abraço!

  • Leonardo de Freitas

    Excelente artigo… já tinha uma visão nesse sentido, mas agora consigo organizar minhas ideais de uma melhor maneira. Obrigado!

    • Por nada Leo, estamos juntos meu amigo!
      Abração!

  • Preto Dicaprio

    Muito bom esse trabalho de conscientização. Me fez pensar em plantar mais agora para poder colher os frutos. Gostaria de saber mais sobre o tesouro direto. Parabéns!!!

  • Homero

    Ontem e hoje li quase todos os seus posts. Ha eu te conheço da faculdade. Parabéns.

    • Opa Homero, conhece?
      Que bom, manda um abraço para todo o pessoal. 😉

      • Homero

        Conheço! Acho que vc concluiu pouco antes de mim.
        Estás desenvolvendo um ótimo trabalho e é muito gratificante ver alguém que esteve tão perto evoluir positivamente, inspira.

  • Que video forte esse do Seiiti Arata hein! E por falar no clube da luta, tenho que dizer que nunca mais fui o mesmo depois de assisti-lo! E até hoje quando vejo de novo sinto que algo desperta em mim. E seu site com ótimas matérias, obrigado por posta-las. Abraço

  • Olecram Sod Ostnas Semog

    muito bom parabéns, no fundo todos sabem o que fazer mas não fazem por falta de fóco

  • André Rocha

    Muito interesse o conteúdo do artigo! Parabéns!

  • fga

    Kellvyn, quando vc fala lá em cima: “Fica aqui a deixa se você quiser saber mais sobre isso”
    Era para ter um link ai ou eu nao entendi direito?
    Eu quero saber mais sobre isso ai, vc tem algum outro artigo falando disso ?

    • Não exatamente. Poderia ser pela página de contato ou pelos comentários mesmo. Em breve eu postarei sobre isso. Fica ligado!

  • Lara Leal

    “Porque o simples provoca confusão, e isso acaba deixando uma porção gigante do mundo inteiro com problemas financeiros.”
    Pra mim isso resume tudo! Todo o mundo sabe que entrar nas dividas é ruim, mas todos querem consumir. Quando você fala em ações pras pessoas é como se estivesse falando de outro mundo! Muito importante esse trabalho de esclarecer a simplicidade de investir, parabéns e obrigada! 🙂

  • Mateus Piotto

    Parabéns pelo post !!

  • Cesar Fernando Rodrigues

    Excelente Kellvyn! Parabéns… vou continuar te acompanhando! E como contribuição recomendo muito a leitura de livros como “Pai Rico Pai Pobre” e “Os segredos da mente milionária”, são ótimos livros que tratam de assuntos como este do post…

    • Obrigado Cesar,
      é cara, esses livros valem ouro! 😀

  • Bruno

    Kellvyn, eu te conheci hoje e já li pelo menos uns 5 artigos. Simplesmente sensacionais. Nós estamos, de certa forma, conectados. Se continuar assim o sucesso é garantido.

    • Muito obrigado pelos comentários e elogios Bruno. Muito obrigado mesmo.
      Como conheceu o site Hábitos Milionários, poderia me falar?

      Grande abraço!

  • Marília Balbé

    Excelente conteúdo!!! Estou acompanhando desde já..

    • Obrigado! Eu sei que você vai atingir seus objetivos Marília. Sei que é determinada.

      Obrigado por estar aqui comigo 😀